Arte educação

"Espero que este blog contribua para a elaboração de trabalhos com arte, sejam bem vindos"

sábado, 30 de outubro de 2010

Elementos da pintura

Check out this SlideShare Presentation:

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

ILUSTRAÇÃO

Check out this SlideShare Presentation:

domingo, 24 de outubro de 2010

Atividades Milton Dacosta

1 - Fazer uma leitura formal e interpretativa da obra "Roda" de Milton Dacosta




Milton Rodrigues da Costa (Niterói RJ 1915 - Rio de Janeiro RJ 1988). Pintor, desenhista, gravador, ilustrador. Inicia estudos de desenho e pintura em 1929 com o professor alemão August Hantv. No ano seguinte matricula-se no curso livre de Marques Júnior (1887 - 1960), na Escola Nacional de Belas Artes - Enba, que é fechada pela Revolução de 1930. Milton Dacosta, com Edson Motta (1910 - 1981), Bustamante Sá (1907 - 1988) e Ado Malagoli (1906 - 1994), entre outros, cria o Núcleo Bernardelli em 1931. Sua primeira exposição individual ocorre em 1936, no Rio de Janeiro. Nesse ano recebe menção honrosa no Salão Nacional de Belas Artes. Viaja para Estados Unidos em 1945, com o prêmio de viagem ao exterior do Salão Nacional de Belas Artes do ano anterior. Na cidade de Nova York, estuda na Art's Students League of New York. Em 1946, vai para Lisboa, e conhece Almada Negreiros (1893 - 1970) e Antonio Pedro (1909 - 1966). Após visita a vários países da Europa, fixa-se em Paris, onde estuda na Académie de La Grande Chaumière. Conhece Pablo Picasso (1881 - 1973), por intermédio de Cicero Dias (1907 - 2003), e freqüenta os ateliês de Georges Braque (1882 - 1963) e Georges Rouault (1871 - 1958). Expõe no Salon d'Automne e regressa ao Brasil em 1947. Em 1949, casa-se com a pintora Maria Leontina (1917-1984) e passa a residir em São Paulo. Na década de 1950, desenvolve uma obra de cunho construtivista, característica que muda na década seguinte; retorna ao figurativo com a série de gravuras coloridas em metal com o tema Vênus.
itaucultural.org.br

2 - Pedir que os alunos identifiquem e circulem as figuras que não pertencem a obra.



3 - Pedir que os alunos identifiquem o pedaço que está faltando na obra. A,B, ou C.



4 - Solicitar que os alunos usem cores primarias para colorir a obra.



5- Você pode sugerir aos alunos que cantem e brinquem canções de roda, como;
ciranda, cirandinha.... (patati,patata)

Ciranda Cirandinha
Cantigas Populares
Ciranda, cirandinha,
Vamos todos cirandar!
Vamos dar a meia volta,
Volta e meia vamos dar.
O Anel que tu me destes
Era vidro e se quebrou;
O amor que tu me tinhas
Era pouco e se acabou,
Por isso dona Rosa
Entre dentro desta roda,
Diga um verso bem bonito,
Diga adeus e vá se embora.


quarta-feira, 13 de outubro de 2010

ATIVIDADES - ALDEMIR MARTINS

1 - Fazer uma leitura formal e interpretativa das obras. (vida e obra do artista)

Aldemir Martins (Ingazeiras CE 1922 - São Paulo SP 2006). Pintor, gravador, desenhista, ilustrador. Em 1941, participa da criação do Centro Cultural de Belas Artes, em Fortaleza, com Antonio Bandeira, Raimundo Cela, Inimá de Paula e Mário Baratta, um espaço para exposições permanentes e cursos de arte. Três anos depois, a instituição passa a chamar-se Sociedade Cearense de Artes Plásticas - SCAP. Aldemir Martins produz desenhos, xilogravuras, aquarelas e pinturas. Atua também como ilustrador na imprensa cearense. Em 1945, viaja para o Rio de Janeiro, e, menos de um ano depois, muda-se para São Paulo, onde realiza sua primeira individual e retoma a carreira de ilustrador. Entre 1949 e 1951, freqüenta os cursos do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand - Masp e torna-se monitor da instituição. Estuda história da arte com Pietro Maria Bardi e gravura com Poty Lazzarotto. Em 1959, recebe o prêmio de viagem ao exterior do Salão Nacional de Arte Moderna e permanece por dois anos na Itália. Desde o início da carreira sua produção é figurativa, e o artista emprega um repertório formal constantemente retomado: aves, sobretudo os galos; cangaceiros, inspirados nas figuras de cerâmica popular; gatos, realizados com linhas sinuosas; e ainda flores e frutas. Nas pinturas emprega cores intensas e contrastantes.


1.1- Entregar para os alunos uma cópia do Gato azul com vaso de flores de Aldemir Martins. Pedir que as crianças façam texturas coloridas como os exemplos.



2 - Outra opção é pedir que os alunos recortem pedacinhos de papel colorido em várias texturas e cole no gato.



3 - Entregar para os alunos uma cópia do Galo de Aldemir Martins e pedir para os alunos colorir com texturas; pontilhismo




itaucultural.ogr.br

sábado, 9 de outubro de 2010

Passarinho que som é esse?

video

Passarinho que som é esse?

video

Passarinho que som é esse?

video

Passarinho que som é esse?

video

Passarinho que som é esse?

video

Atividade musical - orquestra

1 - Brincar com os alunos de descobrir que som é esse?
mostrar para os alunos os instrumentos da orquestra.
(Meu pé meu querido pé -Hélio Ziskind - CD que possui todas as faixas que som é esse)
2 - Distribuir o joguinho de memória para os alunos colorir e brincar.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

1 - Fazer uma leitura formal e interpretativa da obra.




2 - Distribuir para os alunos uma cópia dos meninos pulando cela, colorir ( por exemplo; 2 figuras (Frente) - cores quentes, 2 figuras cores frias (fundo)-
Dar noções de profundidade.






www.portinari.com.br

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

ATIVIDADES - PORTINARI

1 - Fazer leitura formal e interpretativa das obras de Portinari;






2 - entregar para os alunos cópias dos meninos brincando, pedir para colorir e fazer uma releitura.



imagens - www.portinari.org.br

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

ATIVIDADES - TARSILA

1 - Fazer uma leitura formal e interpretativa da obra "Abaporu"



2 - Entregar uma cópia da obra "Abaporu" e pedir que os alunos identifiquem qual é a imagem verdadeira. Pintar a obra colorido.



3 - Entregar para os alunos várias figuras do abaporu, pedir para colorir e depois fazer montagem cubista com recorte e colagem.


4 - Entregar uma cópia da obra Abaporu incompleta para os alunos completar o que falta.

ATIVIDADES - TARSILA DO AMARAL

- Fazer uma leitura da obra com os aluno - formal e interpretativa

A Feira II A feira

1 - Entregar para os alunos uma cópia da obra "A Feira 2" e pedir para os colorir.
1.1 - Entregar as frutas e legumes para colorir. Pedir para recortar e colar na obra.




2 - Outra sugestão é entregar uma cópia da obra" A Feira 2" e pedir para os alunos desenharem as frutas e legumes que conhecem.

ATIVIDADES - TARSILA DO AMARAL

1 – Fazer uma leitura da obra com os alunos.

Introdução

Tarsila do Amaral foi uma das mais importantes pintoras brasileiras do movimento modernista. Nasceu na cidade de Capivari (interior de São Paulo), em 1 de setembro de 1886.
Biografia

Na adolescência, Tarsila estudou no Colégio Sion, localizado na cidade de São Paulo, porém, completou os estudos numa escola de Barcelona (Espanha).
Desde jovem, Tarsila demonstrou muito interesse pelas artes plásticas. Aos 16 anos, pintou seu primeiro quadro, intitulado Sagrado Coração de Jesus.
Em 1906, casou-se pela primeira vez com André Teixeira Pinto e com ele teve sua única filha, Dulce. Após se separar, começa a estudar escultura.
Somente aos 31 anos começou a aprender as técnicas de pintura com Pedro Alexandrino Borges (pintor, professor e decorador).
Em 1920, foi estudar na Academia Julian (escola particular de artes plásticas) na cidade de Paris. Em 1922, participou do Salão Oficial dos Artistas da França, utilizando em suas obras as técnicas do cubismo.
Retornou para o Brasil em 1922, formando o "Grupo dos Cinco", junto comAnita Malfatti, Mario de Andrade, Oswald de Andrade e Menotti Del Picchia. Este grupo foi o mais importante da Semana de Arte Moderna de 1922.
Em 1923, retornou para a Europa e teve contatos com vários artistas e escritores ligados ao movimento modernista europeu. Entre as décadas de 1920 e 1930, pintou suas obras de maior importância e que fizeram grande sucesso no mundo das artes. Entre as obras desta fase, podemos citar as mais conhecidas: Abaporu (1928) e Operários (1933).
No final da década de 1920, Tarsila criou os movimentos Pau-Brasil e Antropofágico. Entre as propostas desta fase, Tarsila defendia que os artistas brasileiros deveriam conhecer bem a arte européia, porém deveriam criar uma estética brasileira, apenas inspirada nos movimentos europeus.
No ano de 1926, Tarsila casou-se com Oswald de Andrade, separando-se em 1930.
Entre os anos de 1936 e 1952, Tarsila trabalhou como colunista nos Diários Associados (grupo de mídia que envolvia jornais, rádios, revistas).
Tarsila do Amaral faleceu na cidade de São Paulo em 17 de janeiro de 1973. A grandiosidade e importância de seu conjunto artístico a tornou uma das grandes figuras artísticas brasileiras de todos os tempos.

Características de suas obras

- Uso de cores vivas
- Influência do cubismo (uso de formas geométricas)
- Abordagem de temas sociais, cotidianos e paisagens do Brasil
- Estética fora do padrão (influência do surrealismo na fase antropofágica)

2 – Entregar para os alunos uma cópia do cenário da obra “A Cuca”, pintar colorido.



2.1 – Entregar as figuras da obra, e pedir para os alunos colorir, recortar e colar como quiserem na obra.
2.2 - Outra sugestão, pedir que pintem todas as partes e depois cada um recorta e cola como quiser.





3 – Outra sugestão com a mesma obra é pedir que os alunos desenhem no cenário da obra figuras que eles já ouvira falar, como; bicho-papão, homem do saco...




texto - www.suapesquisa.com